inicio falecomigo? minhascoisas. f.a.q
Não julgue o que você não entende!
             




“Admiro quem se aceita e consegue ser feliz do
jeitinho que é”. Estou tentando fazer o mesmo, ser feliz com o meu corpo e
comigo mesmo.       
YB
+

"Se acordo muito cedo, fico de mau humor. Se acordo muito tarde, fico de mau humor. Talvez não seja uma questão de horário, mas de mundo."
Gabito Nunes. (via auroriar)






Ninguém fica por muito tempo, esse é o problema. Ninguém consegue ficar, aturar esse meu jeito estranho de ser, ninguém tem paciência com as minhas mudanças constantes de humor, minhas piadas infantis, minha confusão, esse meu egoísmo, minha carência, minhas crises de choro, minha necessidade de me sentir importante, minhas grosserias, meus gostos diferentes, minha indecisão, minha timidez excessiva, minha desorganização, meu cabelo bagunçado, minhas cicatrizes, meus pensamentos suicidas… Eu sou uma bagunça completamente estranha. Não existe pessoa louca o suficiente para gostar disso. E é por isso que ninguém nunca fica.


"Não me agrada disputar atenção. Eu sempre vou ser a pessoa que perde, entende? A pessoa deixada, substituída, desinteressante. Não, isso não é complexo, não: é estatística. Tenho vida afora muitas provas disso e não reclamo, não interprete isso como uma reclamação. Apenas quero contar que jogo a toalha antes de entrar no ringue, por assim dizer. Jogo o meu corpo para o lado por conta própria antes de levar o soco e precisar de maca, remédios e recuperação. Já nem entro mais nas disputas; eu perdi o ar de tanto tentar."
Camila Costa.  (via autorias)

É estranho eu me odiar por não conseguir me destruir, por não conseguir um peso abaixo do saudavél? É estranho eu me odiar por não conseguir me odiar o suficiente pra cortar fundo e me matar?